O (in)Sucesso Escolar – Um Olhar Sociológico

12 de Janeiro de 2009

Trabalho Escrito II – Sociologia da Educação e da Escola

Filed under: Trabalho de ECM — musiua @ 18:01

A Sociologia da Educação e da Escola Visa o estudo da Educação (escolar e não escolar), tendo em conta a sua génese e evolução no panorama social. A sua abordagem é complexa dada à heterogeneidade do seu campo de estudo. O seu objecto de estudo consiste na análise do sistema Educativo e Escolar como reflexo da realidade social e das interacções que nela ocorrem: a transmissão da cultura básica e comum da sociedade, a classificação e distribuição dos seus intervenientes na divisão social do trabalho existente, ou seja, a instituição socializadora fundamental nas sociedades complexas.

Não têm o mesmo significado “sistema educativo” e “sistema de ensino”. O sistema de ensino constitui uma parte do sistema educativo (mais amplo, abarcando tudo o que numa sociedade tem a ver com os processos de socialização). A criança mais do que o adulto não só teme as repreensões e censuras externas mas também as que provêm da sua própria consciência moral que, por norma são tanto mais duras e cruéis quanto mais jovem se é.

Uma das condições mais importantes para uma criança ter sucesso escolar é ter um bom nível de auto-estima “sentimento de ser-se bom e valioso, manifestando-se em confiança e segurança em si próprio” (Muñiz; 1986: 44). O insucesso escolar tem variadíssimas causas: (a) intelectuais (se existir uma deficiência intelectual, por mais reduzida que seja, a criança não vai poder adquirir os conhecimentos que devia, atrasando-se em relação aos seus companheiros); (b) falta de motivação (o aluno pode apresentar uma inteligência dentro da média ou, até mesmo, superior e apresentar problemas de aproveitamento escolar se não estiver motivado – este tipo de alunos necessitam de estímulos que os façam manter um certo nível de esforço); (c) problemas orgânicos (o rendimento escolar pode também ser afectado por um problema físico); pode também dever-se ao surgimento de problemas emocionais (ocorrem em alunos com carências afectivas, em alunos sobreprotegidos, em alunos que sofrem de hiperactividade, inseguros, com excesso de fantasia ou ainda com algum sentimento de inferioridade, entre muitas outras situações). 

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

%d bloggers like this: